Terça-feira 29 Novembro 2011

Sticky Fingers


Os Rolling Stones são uma banda de culto, formada em Maio de 1962 e são uma das bandas mais antigas de rock no activo.
Constituídos por Brian  Jones, Keith Richards, Mick Jagger, Bill Wyman e Charlie Watts, são uma das maiores influências de rock and roll, contando com 40 longos anos de sucesso e, acima de tudo, contando com mais de 200 milhões de cópias vendidas em todo o mundo.
Sticky Fingers é o nono álbum da banda, lançado em 1971, não contando com a participação de Brian Jones, falecido em 1969, sendo substituído por Mick Taylor. Este álbum foi também a origem do tão famoso logótipo da língua, imagem assumida dos Rolling Stones.
Citado pela revista Rolling Stone, pela VH1 e pelo livro 1001 Albums You Must Hear Before You Die, traz-nos um variadíssimo leque de músicas que ficam, definitivamente, no ouvido.
Foram vários os nomes conhecidos que fizeram parte da produção do álbum, nomeadamente Andy Warhol, artista pop responsável pela capa do álbum; Billy Name, o fotógrafo responsável pelas fotos do homem que nos surge na mesma capa e o já conhecido John Pasche, criador da imagem de marca dos Rolling Stones.
De entre dez belas obras, destaco Brown Sugar, Wild Horses, Sister Morphine e Moonlight Mile. A sonoridade marcante da voz de Jagger com a magia perpetuada por Richards na guitarra, a par da expressiva instrumentalização de Taylor, Wyman e Watts, fazem deste álbum uma perfeita mistura de um puro rock and roll psicadélico, aliado a uma vertente subtil de blues, subjectivado então na suavidade e melancolia de transparência singela de sentimentos.